Taboão: 500 unidades habitacionais serão construídas no Pq. Marabá para pessoas que vivem em situação de risco

 Taboão: 500 unidades habitacionais serão construídas no Pq. Marabá para pessoas que vivem em situação de risco

Imagem: Ian de Freitas/PMTS

 

Em breve, a região do Pq. Marabá, em Taboão da Serra, será contemplada com 500 unidades habitacionais que serão direcionadas para pessoas que vivem em situação de risco. A construção se tornará realidade após o prefeito Aprígio assinar o o convênio do programa Casa Paulista Carta de Crédito Individual, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Habitação. O principal intuito do Governo do Estado, que contemplou 21 munícipios com o projeto, é diminuir o déficit habitacional em todo o território paulista.

Para o prefeito José Aprígio (Podemos), que participou da cerimônia de assinatura que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes na manhã de quinta-feira (18), ver que Taboão da Serra foi incluída pelo Governo do Estado em políticas públicas de habitação, é motivo de grande satisfação.

“Como prefeito, estou extremamente orgulhoso de ver nossa cidade sendo contemplada com 500 unidades habitacionais, através do programa Casa Paulista. Com a assinatura desse programa, reafirmamos o compromisso de construir um futuro mais justo e igualitário para todos os cidadãos, garantindo o direito básico à moradia digna. Seguiremos trabalhando incansavelmente para implementar medidas que promovam o desenvolvimento urbano sustentável e a melhoria da qualidade de vida em nossa cidade”, declarou.

O chefe do executivo frisou ainda que o intuito da administração municipal é garantir que Taboão continue se desenvolvendo para garantir que toda a população tenha qualidade de vida. “Taboão da Serra se coloca como um exemplo de comprometimento na busca por soluções habitacionais, e continuaremos avançando em projetos e parcerias que visam atender às necessidades da população. A inclusão de nossa cidade no programa Casa Paulista é um passo importante, mas sabemos que ainda há muito a ser feito. Estamos determinados a seguir adiante, unindo esforços e buscando novas oportunidades para construir um futuro melhor para todos os taboanenses”, pontuou.

Já o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), que logo no início do seu mandato precisou agir rápido para intervir em uma situação habitacional grave no Litoral Norte, quando muitas pessoas que moravam em áreas de risco ficaram desabrigadas por conta das chuvas, enfatizou que sua gestão trabalhará para garantir que todos tenham direito à moradia de qualidade.

“O programa Casa Paulista é uma demonstração clara do nosso compromisso em oferecer moradia digna para todos os paulistas. Estamos empenhados em reduzir o déficit habitacional e proporcionar condições adequadas de moradia, garantindo o direito básico de cada cidadão.”, explicou.

O secretário de Habitação e Meio Ambiente, Nilcío Regueira Dias, lembrou que a construção de 500 moradias em Taboão é um passo importante também para a efetivação de políticas públicas de cunho social. “Essa colaboração é essencial para a concretização de projetos habitacionais de grande impacto social. Estamos trabalhando incansavelmente para proporcionar moradia digna e sustentável, preservando nosso meio ambiente”, informou.

Durante a cerimônia, Marcos Vinícios, o representante da construtora Haras, que será responsável pela construção das moradias, lembrou que o prazo estabelecido para a entrega das unidades habitacionais é de, aproximadamente, 24 meses.

Ao lado do prefeito Aprígio, participaram da solenidade o Deputado Estadual Dr. Eduardo Nóbrega, o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente (SDUHMA) Nílcio Regueira Dias; a secretária Executiva de SDUHMA Mara Pante, e o secretário de Comunicação Arnoldo Landiva.

 

*com informações da Prefeitura de Taboão da Serra

Outras postagens